Bolsa de Pós-Doutoramento (BPD/UTAD/6/2018)

Bolsa de Pós-Doutoramento
(1 vaga)

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Pós-Doutoramento no âmbito do projeto/instituição de I&D Projeto de I&D Interact - Integrative Research in Environment, Agro-Chain and Technology, n.º da operação NORTE-01-0145-FEDER-000017, na sua linha de investigação intitulada Innovation for Sustainable Agro-food Chains - ISAC, BPD/UTAD/6/2018, financiado por co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do NORTE 2020 (Programa Operacional Regional do Norte 2014/2020), nas seguintes condições:

Área Científica:
Biological Sciences

Requisitos de admissão:
1 .º - Doutoramento em Ciências Biológicas, Bioquímica, Ciências Farmacêuticas ou áreas afins *
2 .º - Disponibilidade imediata. *
3 .º - Experiência no uso de linhas celulares (animais e humanas). *
4 .º - Experiência em biologia molecular nas técnicas de Western Blot e PCR. *
5 .º - Bom domínio falado e escrito da língua inglesa.
6 .º - Experiência com modelos in vivo de doenças como a esteatose hepática, diabetes tipo 2, cancro (fígado ou cólon) ou isquémia cardíaca.
7 .º - Experiência no uso do ensaio cometa.
* fator eliminatório

Plano de trabalhos:
1 .º - O bolseiro será integrado na equipa do Polo Universidade do Minho, Braga, do subprojecto de investigação intitulado “Bioactives from vegetable crops, MAPs and natural co-products” (enquadrado no projeto INTERACT - Integrative Research in Environment, Agro-Chain and Technology, n.º da operação NORTE-01-0145-FEDER-000017, e na linha de investigação intitulada Innovation for Sustainable Agro-food Chains – ISAC), cujo objectivo consiste na caracterização molecular de mecanismos de ação de compostos
2 .º - - Estudo de efeitos metabólicos e despistagem de actividades antioxidantes e anti-genotóxicas.
3 .º - - Estudo de bioactividades em modelos celulares e animais, nomeadamente avaliação do potencial na prevenção da esteatose hepática e de efeitos anti-cancerígenos, anti-inflamatórios ou cardioprotetores, usando modelos celulares e/ou animais.
4 .º - - Estudos celulares da modulação de vias de sinalização relevantes para as actividades acima descritas.
5 .º - - Estudo dos efeitos dos compostos selecionados em combinação com fármacos relevantes.
6 .º - - Elaborar relatórios de progresso, ou outras publicações para publicação e disseminação em congressos científicos e revistas da especialidade.
7 .º - - Coorientar alunos e jovens investigadores que venham a estar envolvidos no plano de trabalhos.
8 .º - - Participar na organização de workshops ou cursos avançados no âmbito do projeto.

Legislação e regulamentação aplicável:
Lei Nº. 40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica); Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT, I. P., aprovado pelo Regulamento nº 234/2012, publicado na II Série do Diário da República de 25 de junho de 2012, alterado e republicado pelo Regulamento nº 326/2013, publicado na II Série do Diário da República de 27 de julho de 2013 e alterado pelo Regulamento nº 339/2015, publicado na II Série do Diário da República de 17 de junho de 2015 e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro – Despacho RT.36/2011, de 6 de Julho, do Sr. Reitor, publicado em Diário da República pelo Despacho Nº 9157/2011 (II Série), de 19 de Julho.

Local de trabalho:
O trabalho será desenvolvido no(a) Departamento de Biologia da Universidade do Minho da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, sob a orientação científica do Professor (a) Doutor (a) Carlos Alberto E Silva Venâncio.

O trabalho terá coorientação científica de Cristina Pereira-Wilson.

Duração da (s) bolsa (s):
A bolsa terá a duração de 6 meses, com início previsto em Junho de 2018. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao máximo de 12 meses.

Valor do subsídio de manutenção mensal:
O montante da bolsa corresponde a €1495, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (link). A periodicidade de pagamento da bolsa é mensal e através de depósito bancário, cheque ou outra modalidade equivalente.

Métodos de seleção:
Os métodos de seleção a utilizar serão os seguintes: Os candidatos serão seleccionados com base na carta de motivação e na avaliação documental do Curriculum Vitae onde deve constar o link URL para artigos publicados e indicação do contacto de pessoas que possam referenciar o candidato. A classificação será obtida aplicando os seguintes critérios: a) Experiência de investigação nas áreas definidas no plano de trabalhos avaliada pelo título e conteúdo da tese de doutoramento e de outros trabalhos publicados em revistas científicas JCR (máximo de 30 pontos) com aplicação dos factores de ponderação tendo em consideração o ranking da revista (3 para Q1, 2 para Q2, 1 para Q3 e 0.5 para Q4 ou outro) e a posição do autor (1,0 para primeiro autor e 0,2 para outras posições)- máximo de 60 pontos;, b) Produtividade científica, baseada no número de artigos JCR e aplicando factores de ponderação tendo em consideração o ranking da revista (3 para Q1, 2 para Q2, 1 para Q3 e 0.5 para Q4 ou outro) e a posição do autor (1,0 para primeiro autor e 0,2 para outras posições) - máximo de 30 pontos; e c) Carta de motivação e informação de referenciação – 10 pontos, com a respetiva valoração de 60%, 30% e 10%.

Composição do Júri de Seleção:
Presidente - Carlos Alberto E Silva Venâncio
Vogal - Amelia Maria Lopes Dias Da Silva
Vogal - Henrique Manuel Da Fonseca Trindade

Forma de publicitação/notificação dos resultados:
Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada Nota Final afixada no(a) http://www.campus.utad.pt/bolsasinvestigacao/candidaturas (Página Campus Online da UTAD), sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de e-mail.
Caso a decisão a tomar seja desfavorável à concessão da bolsa requerida, os candidatos têm um prazo de 10 dias úteis, após a divulgação referida, para se pronunciarem, querendo, em sede de audiência prévia, nos termos previstos no Código do Procedimento Administrativo.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas:
O concurso encontra-se aberto no período de 21-05-2018 a 04-06-2018.
As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de formulário de candidatura acompanhado dos seguintes documentos: Cópia do(s) certificado(s) de habilitações, Curriculum Vitae do bolseiro detalhado [comprovando os requisitos acima referidos], Indicação dos seguintes dados: nº de cartão de cidadão, nº de identificação fiscal – NIF, data de nascimento, contacto de telemóvel e endereço de correio eletrónico e Carta de motivação..
A candidatura deverá ser efetuada através da Página do Campus Online da UTAD, na secção de Bolsas de Investigação, seguindo as seguintes indicações:

  • Aceder à Página do Campus Online da UTAD: www.campus.utad.pt e selecionar a opção Bolsas de Investigação. Ou aceder diretamente a www.campus.utad.pt/bolsasinvestigacao/lista.
  • Selecionar a bolsa à qual se pretende candidatar.
  • Ao selecionar a opção “Candidatar” será reencaminhado para a página de candidatura na qual deverá preencher e submeter o respetivo formulário.

O/a candidato/a tem direito a igualdade de oportunidades e de tratamento, não podendo ser privilegiado/a, beneficiado/a, prejudicado/a, privado/a de qualquer direito ou isento/a de qualquer dever em razão, nomeadamente, de ascendência, idade, sexo, orientação sexual, estado civil, situação familiar, situação económica, instrução, origem ou condição social, património genético, capacidade de trabalho reduzida, deficiência, doença crónica, nacionalidade, origem étnica ou raça, território de origem, língua, religião, convicções políticas ou ideológicas e filiação sindical.


Esta é uma versão-cópia do edital do concurso, para verificar o texto integral, por favor faça Download do Edital

Candidatar Download Edital